Capítulo Anterior

Um certo dia, em abril daquele ano, faltou “luz” durante 3 horas no bairro, a noite. Ou seja, Jantar a luz de vela. Zidane estava na casa da vizinha jogando PS1 com um amiguinho. Os dois não se aguentaram naquele clima romântico forçado. O Coração e os hormônios falaram mais alto e os dois tiraram todo o atraso de quase 4 anos. Quando a luz voltou, eles apagaram esta e continuaram a “sacanagem de amor.” Depois do “rala-rola”, eles voltaram as boas e começaram a namorar de verdade.

Alguns dias depois, Arturo foi deixar Zidane no colégio e de lá foi para o trabalho. Chegando lá, viu uma garota de 19 anos pedindo sua ajuda. Era Lucciana Ricci, irmã mais nova de Ricci, seu amigo que morreu no capítulo anterior. Sem saber a quem pedir abrigo no Brasil, foi até onde  ele trabalhava para pedir para morar com ele. Como quase irmão da moça disse sim.

 

Ao chegar em casa com Lucciana, Rosinha virou o ciúme em pessoa, e o pior é que a ciumenta tinha razão. Lucciana não parou de tentar seduzir Arturo e ele como tem uma incrível história acabou não resistindo e em um momento que Rosinha dormia, ele foi lá no quarto de Lucciana e mostrou-lhe a força de um legítimo Sambrozza.

 

Alguns meses passaram e isso foi rolando, até que um dia, Zidane foi brincar na casa do vizinho de PS1. Pensando que estavam sós, foi na cozinha mesmo que eles começaram. Não deu outra, Rosinha pegou ele com a boca não na botija, mas na boca de Lucciana. Era o novo fim do casal.

 

Já no fim de 2002, Arturo receberia outra notícia ruim, o Verdão estava rebaixado para Série B do Brasileirão. Sem Rosinha e com o Verdão na Segundona, Arturo foi com Lucciana para a Itália. Rosinha ficou por aqui e ficou com seu filho, Zidane.

 

Na Itália, mais precisamente Roma, Arturo continuou sua vida sexual 100% ativa com Lucciana, mas era um relacionamento aberto. Ele pegava as donas e ela os donos. Um dia, Lucciana falou uma palavra que foi o ponto culminante para Arturo correr para Turim, para casa de sua mãe, ela pediu ele em casamento. Nunca mais ele viu Lucciana depois daquilo.

 

Já na casa de sua mãe, em meados de Maio de 2003, após o título 27 da Juventus na Itália, Arturo recebeu uma ligação terrível do Brasil. Zidane estava muito doente e queria ver o pai.

 

Em Fortaleza, não deu tempo dele ver o filho, Zidane foi internado no IJF superlotado e por falta de leitos, Zidane, com seus 5 anos não resistiu. Rosinha e Arturo esqueceram tudo naquele instante e só lembraram dos bons momentos que passaram ao lado do filho, além  de quererem esganar o Juraci e o Sérgio Benevides. O Vizinho deixou de jogar PS1, pois toda vida que jogava lembrava de Zidane, no mesmo mês comprou um PS2.

 

Em um capítulo tão dramático da história, com traição, fuga de casamento e morte de criança, Arturo fez uma coisa que nunca esperou dizer …

 

CENAS DO PRÓXIMO CAPÍTULO …