Capítulo anterior

Mas algo importante ainda aconteceria ao fim daquele mês … Eles conseguiriam passagens e ingressos para a Copa do Mundo na África.

Um coisa muito ruim ocorrem com eles no início do outro mês. Março começou  com a eliminação do Santa Rosa Desportes na Champions feminina e com uma sequência derrotas na primeira divisão finlandesa. Se não bastasse isso, Rosana resolveu abandonar o barco. Como? Isso mesmo, disse que não aguentava mais tanto amor, tanto carinho, tanto beijo e se mandou para o Brasil. Arturo caiu em depressão. Mas logo apareceu Juliana, e ela mostrou para ele o novo lado do amor. Muito além da cama e da paixão clássica. Ela era a típica mulher dos sonhos – Curte futebol, nifomaníaca e não é tarada por grana.

Após conhecer um novo amor, Arturo resolveu mudar de vez, tornou-se treinador e jogador do Santa Rosa Desportes, pois já estava curado da lesão. O time evoluiu e em dois meses, a sequência de 6 vitórias do Masculino, e a ponta do Finlandês para o Santa Rosa Desportes. No Feminino, o time passou a ser comandada por Juliana, que fez com que o time reassumisse a ponta do Finlandês e esquecesse a tragédia na Champions.

Chega Junho, a Copa também. Como os ingressos era dele. Arturo e Juliana foram para a  copa. Rosinha resolveu, então, brigar por um ingresso também. Mas o coraçãozinho do Arturo estava cheio de mágoa e nem quis saber da Rosinha, mas levou Karine, sua filhinha para ver a copa. Rosinha ficou chupando o dedo e vendo pela BAND, ela não suportava o Galvão e era fã do Neto e achava o Denílson, um gato.

Mas após a eliminação precoce da Itália, Arturo chegou a querer voltar para a Finlândia, mas Juliana lhe deu vários motivos para ficar. Um – Era a primeira copa da Karine, sua filhinha, mesmo que ela não entendesse aquilo, ela estava gostando. Dois – Ele faria algo a mais de noite para ele durante todo o mundial. Falando com carinho, quem não fica, né?

Um certo dia, eles indo acompanhar o jogo entre Argentina e México, algo bisonho aconteceu …

CENAS DO PRÓXIMO CAPíTULO