Capítulo Anterior

Já no carro, As trocas de olhares entre Juliana e Rosinha incomodava em Arturo, mas ele teve uma ideia de gênio. “Que tal vocês duas lutarem na lama. Ia ser excitante!”. A partir daquele instante, as duas ficaram encarando ele e ele ficou todo “pimpão”. Karine ficou rindo, sem entender o que era aquilo.

 

Quando Rosinha chegou em casa … O mesmo urso de um dia anterior apareceu de novo. Arturo indignado com aquele urso ridículo. Saiu do carro e enfiou-lhe um,a voadora no “meios dos peitos” daquele urso imbécil. O urso saiu que nem um gatinho dali. Arturo abriu a porta para Rosinha e Karine. Quando já ia, Rosinha roubou-lhe um beijo de língua, um chupão mesmo. Ele, “sabidão”, se deixou envolver. Assim que acabou , ela olhou para ele e disse: “Boa Noite.” e entrou em casa.

 

Arturo olhou para trás e sabia, a greve aumentou. Os dois foram calados até em casa. De vez, em quando ele olhava para ela, que tinha fúria no olhar. Ele sem arriscar a vida, só dirigiu. Quando chegaram em casa, juliana olhou para ele e disse: “Acabou. Que se dane, seu time! Vou me embora. Você ainda é apaixonado, pior tem tesão pela sua ex!” Ela começou a chorar desesperado e disse que não podia viver sem ela, que ele não tinha culpa no beijo, a Rosinha que tinha uma sucção muito forte que o prendeu em sua boca.” Juliana sem dó, foi embora. Naquele instante, Arturo só pensou em uma coisa. “Cadê a minha playba da juju.” Foi para o banheiro e lá mesmo, depois dormiu!

 

No dia seguinte, tinha Espanha e Portugal, ou seja, Cristiano Ronaldo e Villa. Sabendo que a Juliana era tarada pelo CR7, ele foi para o estádio. Ele não iria desistir de amor … era amor? … Sei lá, sou só o autor, os sentimentos é do Arturo, não sei o que passa no coração dele.

 

Já no estádio, ele encontrou a Juliana nos braços de CR7, foi um baque. Como? Se fosse pelo menos com um cara bonito, mas com o feioso do CR7? Naquele instante, Arturo foi lá fora, fez uma macumba para a Espanha ganhar. Dito e feito, a macumba deu certo, Espanha 1×0 Portugal. 

 

No caminho, em seu carro, com dois dias de folga, tempo em que Brasil e Holanda se enfrentariam, Arturo vai no seu carro ouvindo “Morango do Nordeste” na voz do karametade. Quando …

 

CENAS DO PRÓXIMO CAPÍTULO