Capítulo Anterior

Ferrolho revela tudo para Evaír, mas acabam nas mãos de Groove, que acaba nas mãos de Seu Juvena. Tatá revela tudo para Caio e o(a) ninja salva-os. E agora com vocês, o resto da história.

Com a arma em punho, Groove vira ligeiro e acerta os dois punhos de Seu Juvena, que cai em dor, em sangue, no chão. Sem dó, Groove, covardemente, acerta mais dois tiros na cabeça de Seu Juvena e o mata. Evaír quer saber quem é o chefão. Groove manda ele se calar e cavar.

Já salvos, Caio acerta uma “pedrada” na mão armada de Groove, e antes dele pegar a arma de volta, é rendido por Tatá. Groove rir e diz: ” Eu já sabia que você era uma traíra!”. Evaír pergunta quem é o chefão, quando aparece Tatiana. Groove diz que a ex de Caio é a chefona. Tatiana nega e diz desconhecê-lo. Paola chega. Tatiana afirma que só estava lá para ver sua filha, Vaguinha. Groove consegue se soltar de Tatá e acerta-a com um tiro no peito, e quando ele tenta acertar Caio, aparece o ninja, que leva o tiro no lugar de Caio.

Groove com a arma tenta de novo, mas antes do tiro, aparece Manuela que grita: “Groove, não atira nele, ele é seu pai!”. Caio fica surpreso, mas Groove declama: “Eu sei, eu não sou lesado, sei fazer contas, mamãe!”. Mesmo debilitada, Tatá fala: ” O chefão é Wilson, o meu pai! Ele era marido da minha mãe, quando ela fez Groove com meu Caio, e este “abestado” queria roubar o ouro que há escondido aqui e depois matá-lo, pelo chifre de seu padastro. Eu achei divertido, estava com ele, até que fiquei louca por você. Primeiro, tesão, depois, quando te vi com a Paola, saquei que era amor. Paola, desculpa, mas fiz isso para Ferrolho também. Ele é seu parceiro de trabalho há tanto tempo, e você nunca notou?”, após isso, ela desmaia, Paola olha para Ferrolho, que está mais vermelho que blusa do Internacional de Porto Alegre. Naquele instante, Wilson aparece e acerta um tiro em Groove. O resto amanhã!

Anúncios