O retorno de Boraiev – Capítulo 8

O retorno de Boraiev

Capítulo anterior

Quando Alexsander chegou na casa de Silvestro, derrubando a porta e dizendo: “Oi, amiguinhos! É hora do show!”, João desmaiava. Quando Alexsander escuta a zoada da batida do corpo de João no chão, ele vê Dmitrina com a boca suja de sangue. De imediato, ele tenta pegar o corpo de João, mas leva uma rasteira de Silvestro, que cospe em Alexsander e diz: “Você me matou há 600 anos, mas agora não conseguirá isso!” Alexsander se levanta e morde o pescoço de Silvetro e rir: “Como em 1400!” Silvestro geme, cai e diz: “Droga! Maldito sangue Boraiev venenoso aos Kameievs simples!”, no mesmo instante, ele fecha os olhos e apodrece. Alexsande rir, mas logo é rendido por  Dmitirna que diz: “Agora você fica quietinho, senão não terei dor de chegar em sua adorada Sarah e revelar que de Boraiev você tem nada. Ok! Agora fica quieto e deixa o joão se tornar Bernard.” Ela solta ele e ele rir e tenta respirar.

Quando o sol se pôs, Sarah saiu de seu palácio para ver como estava seu principado. E estava tudo ótimo, seus escravos faziam tudo para satisfazê-la. Inúmeros “toddynhos” de sangue eram feitos de seus próprios sangues. Coisa mais fofa! Quando ela retornava para o palácio, um ser encapado de preto, óculos escuros, negão, parou na sua frente. Ela sorrir e diz: “Finalmente, Mombab, você chegou, você é o meu melhor guerreiro vampiro e faz um sexo ma-ra-vi-lho-so. Não me esqueço daquela batalha em Zulu em 1231, quando invadi sua aldeia, suguei seu sangue e lhe transformei num guerreiro Boraiev.” Mombab fica todo tímido com os elogios, mas após estes ele pergunta: “Mas o que você quer de mim?”. Ela fala: “Você será meu general e controlará todos os novos guerreiros Boraievs que o imbécil do Alexsander fizer, além de punir alguns escravos que começar a se rebelar e claro, sugar o sangue de qualquer humano que ainda exista neste território.” Mombab beija na boca de Sarah e diz em : “ Tá certo, princesa!” – em seguida, ele se retira e Sarah fica suspirando.

Já na casa de Silvestro, Dmitrina exige que Alexsander ressuscite Silvestro e Yel. Alexsander tenta avançar nela, mas ela logo o controla de novo. Ele pede arrego e realiza o desejo dela. Ele retira um pouco de seu sangue, pega um pouco do sangue dela, mistura dentro de um suquinho lá, balança, joga no chão e depois passa água. Pronto, Silvestro e Yel iriam reaparecer de novo daqui há 600 anos. Depois disso, Dmitrina libertou Alexsander, mas antes disse: “Nós éramos tão feliz, porque?” Alexsander  põe os óculos pretos na cara e diz: “Boa noite!” e vai embora. Dmitrina fecha a porta e começa a chorar, mas poucos segundos depois, engole o choro e vai cuidar de João, ou o novo Bernard.

Alexsander já voltava para o palácio quando …

Anúncios

Um comentário sobre “O retorno de Boraiev – Capítulo 8

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.