Moça Bonita

Que veio de longe,

para pegar um conde

e se casar.

 

Ela vai ficar rica,

Vai ganhar dinheiro,

Vai comprar um carro maneiro

para passear.

 

Quando ela chegou do interior,

Só falava amor,

até que se decepcionou,

e agora só queria enricar.

 

Um velho conheceu,

que de dinheiro a entupiu.

Mas na primeira noite não aguentou,

infartou, mas herança não deixou.

 

Moça Bonita

Que veio de longe,

para pegar um conde

e se casar.

 

Ela vai ficar rica,

Vai ganhar dinheiro,

Vai comprar um carro maneiro

para passear.

 

Até que pegou um conde,

esqueceu que já andou de bonde.

De Ferrari começou a passear

e seus velhos amigos humilhar.

 

O Dinheiro a cabeça lhe subiu

e olha o que ela conseguiu.

As outras “piri” começou a invejar,

pois só de carrão ela ia passear.

 

Moça Bonita

Que veio de longe,

para pegar um conde

e se casar.

 

Ela vai fica rica,

Vai ganhar dinheiro,

Vai comprar um carro maneiro

para passear.

 

Ela viu, o conde era gay.

e eu já sei.

Que a herança ele vai dar,

para um homem que um dia ele resolveu amar.

 

A Moça Bonita hoje está a chorar,

pois sua juventude perdeu,

O que tinha de amor morreu,

e em toda sua vida só sofreu.

 

Moça bonita, não chore,

Olhe, eu não sou nobre, 

sou o seu amigo pobre,

mas de amor, prometo te enricar.

 

Me dê sua mão.

Saía da rua,

olhe para a lua

e no bailar do amor se apaixonar!

 

Moça Bonita

Que veio de longe,

para pegar um conde

e se casar.

 

Ela vai fica rica,

Vai, mas de amor,

Vai ter um marido maneiro,

que todo dia por ela irá se apaixonar.