Logo Novo Mundo

 

Carolina II volta do tratamento, mas ao chegar no palácio do governo provisório no Rio de Janeiro, já que a capital Fortaleza de Iracema estava em reconstrução, ela fica frente à frente, ao abrir a porta de seu quarto,  com Júlio Sales se pegando com Lorraine D’Túlio. Pegando que falo, é o “nhaco-nhaco” mesmo. Na frieza, Carolina II fecha a porta, pega um revólver no quarto debaixo. Sobe pro primeiro andar, onde ficava o quarto dela, abre a porta e acerta 5 tiros neles. Eles, adivinham, morrem! Depois disso, ela se dirige ao terraço, acerta um tiro em sua cabeça, desaba e morre.

 

A notícia se espalha, imediatamente, Navarro, príncipe argentino, assume o reino, já que sua esposa Daniela renega o cargo. Os corpos de Carolina II e Sales são enterrados com honras de heróis. Já o corpo de Lorraine chega para ser enterrada na União Neo-Soviética. Alexsander chora muito no velório de sua filha. Contini reaparece no velório de Lorraine acompanhada de um rico empresário de Poseidon. Isabelle Mantovani lê uma oratória e o corpo de Lorraine é enterrada.

 

Na África, Tbamba I assina com os Árabes, um acordo que cede a independência de Israel e da Turquia, por sua vez, o Curdistão se torna independente da Turquia. Na Ásia, Rússia e China reassinam um novo tratado e recriam o Grande Império da Ásia com as duas nações. Mas diferente da outra vez, o povo escolheria seu rei, em caso de morte ou assassinato. O primeiro eleito foi Sarpan, que estava conhecido com rei da independência dos Yang’s.

 

México, Canadá e EUA fizeram suas eleições e elegeram seus presidentes, o mesmo ocorreu na América Central. Na União Asiática, o casamento de Kaira com sua esposa teve a presença de todos os líderes mundiais. Finalmente, o mundo estava em paz. As cidades destruídas pelas bombas atômicas estavam quase reconstruídas após um ano.

 

Já era 2539, 5 anos após os atos citados neste último capítulo, tudo estava normal. Navarro assinou com os presidentes americanos o acordo de livre comércio no continente. Além disso, assumiu o compromisso de criar um memorial com fotos, objetos e vídeos dos soldados que lutaram nas várias guerras que banharam o continente. Na União Neo-Soviética, a capital foi transferida para Zagreb, já que Mario Madjukic assumiu a presidência. D’Túlio voltou ao trabalho em uma fábrica de computadores em Paris e seguia muito feliz com Isabelle Mantovani, e apesar da saudade que tinha da filha, ele já tem uma nova alegria, Marcelle. Na África, Tbamba I ficou feliz demais com o título do Congo no Mundial de seleções da ILF (International League Football), em cima, da Sul-América, por 3×1.

 

O mundo novo, velho ou mais novo sempre será assim, momentos de paz e guerra, pois o ser humano apesar dos vários “cambios” que possui, é sempre o mesmo na essência. E mesmo com esse final sem sentido,a té que esta historinha foi boa. Até a próxima revolução!