A Tentação – Penúltimo Capítulo

Capítulo Anterior

Ela  estava desejando muito tirar minha virgindade e eu… doido para que isso acontecesse. Não pensei duas vezes, aceitei o desafio da tentação, adentramos ao motel e minha mente já transava com ela. (Oh, pai! Perdoa esse pobre mortal que não resistiu aquele demônio de saia).

Ao chegarmos no quarto, tiramos imediatamente a roupa. Eu estava sem preservativo, mesmo assim fui com tudo. Inicialmente, ela começou com um magistral sexo oral, depois de quase me fazer gozar, a joguei na parede e parecíamos dois calangos no cio. Ela gemia, se distorcia e eu, empossado pelo demônio do tesão. Depois de alguns minutos, a joguei na cama, e ela ficou na posição que o Napoleão perdeu à guerra, e eu, não resisti a tamanha safadeza e descobri um eu meu que desconhecia. Depois, ela jogou com a defesa recuada, o que facilitou a entrada do atacante na pequena lua.  Ao fim, ela caiu para o lado, deu duas gemidas e disse: “Uau! Quero mais! Vai beber água, que eu quero mais!” E o jogo seguiu até o amanhecer. A conta do Motel foi paga por ela que me disse que pagaria com prazer por está satisfeita em levar o santo ao inferno. Nem sei como lembro dessas palavras, pois naquele momento, estava “acabado”, sem forças para nada.

Depois daquilo tudo, quando saímos do motel, ela olhou nos meus olhos e disse:… Ops, para, para, para! Só no último Capítulo!

Anúncios

2 comentários

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s