Fonte: UEFA
Fonte: UEFA

 

Se pudéssemos e se o autor não fosse aluno de Filosofia de Tatiana Zylberberg, eu chegaria aqui e diria: “França joga sozinha e faz sua parte.” Mas como sou aluno de Tatiana e faço o curso de Educação Física, eu digo: ” A Inglaterra entrou em campo, mas a França jogou mais, e acabou vencendo por um bom marcador.” Vi, quebrei um paradigma e a França é a única classificada com 9 pontos, ou seja, a única seleção que venceu todos os jogos da primeira fase que disputou. Já a Inglaterra decepcionou e volta para casa sem nenhuma vitória e um ponto conquistado com um gol no fim do jogo da Rússia.

 

Quando o jogo começou na Suécia, a França queria se redimir do jogo sem graça que fez com a Rússia e se redimiu logo no início do jogo com um  gol de Le Sommer antes dos 10 minutos de jogo. Depois as L’e Bleues controlaram a partida, apesar de sempre está ali incomodando o sistema defensivo da goleirona inglesa. Foi um verdadeiro “Churros entra, churros sai” do ataque francês na área inglesa.

 

Na segunda etapa, a França seguiu no esquema citado no parágrafo anterior, e acabou fazendo dois gols muito próximos. Um com Necib aos 19 do segundo tempo e outro com Renard aos 21. Ou seja, continuou com a festa. A equipe francesa seguiu no ataque e a Inglaterra se defendendo, mas o sacode poderia ter sido maior, mas “na humildade”, ficou só de três mesmo.

 

A França avançou em primeiro lugar no Grupo C, acompanhado da Espanha. A Rússia ficou em terceiro, mas por um gol de saldo, ficou fora da segunda fase, a Dinamarca foi quem avançou no critério das terceiras colocadas. Na fase seguinte, a França encara a própria Dinamarca, enquanto que a Espanha encara a seleção da Noruega. Já a Inglaterra irá acompanhar por aqui as Quartas-De-Finais.

 

France Vs England - UEFA Womens Euro 2013