O Cavaleiro e as Damas – Capítulo 3 de 10

O Cavaleiro e as Damas

 

Capítulo Anterior

Após saírem de Paris, Alé e Jean-Paul foram curtir o Feudo dos Magnion, lá Alé curtiu um rio com umas belas francesinhas, enquanto que Jean-Paul ficou espiando pois o que Alé e as gurias estavam fazendo era pecado. Após isso, Alé e Jean-Paul acamparam ali mesmo. Quando Jean-Paul rezava, dois cavaleiros do Feudo acha-os e agora?

Os cavaleiros já apreendiam Jean-Paul, quando Alé saiu da moita, onde estava pegar lenha. Os cavaleiros ao verem Alé, o reconhecem e vão cumprimentá-lo. Eram os dois, Pierre e Sebastian, alunos de Alé, quando ele era um nobre cavaleiro. Jean-Paul pergunta se Alé era um bom cavaleiro, Pierre confirma que Alé era o melhor de toda a Europa e tinha tudo para ser um dos principais nobres da Inglaterra, mas fugiu para a França após “emprenhar” várias camponesas da região de Manchester, mas que graça esta fuga, os dois cavaleiros haviam ido para a França. Jean-Paul não entende, já que cavaleiros possuíam uma espécie de pactos de vassalagens. Sebastian avisa que como Alé, eles eram agora cavaleiros independentes, lutam pelo o que eles acreditam ser verdadeiro, não por senhores feudais, suseranos ou reis. Jean-Paul indaga, então, porque eles o queria prender. Pierre fala que estas terras são dos Magnion, e que eles estão louco para impressionar a filha dos Magnion que é muito linda. Alé corre até seu cavalo e vai mata a dentro, só com a luz da lua. Os outros três não entendem, até que lembram o que Alé é – Le dompteur de la Femme

Apesar da escuridão, Alé sentia de longe uma bela mulher e aquele castelo todo não era difícil de encontrar. Ao chegar no castelo, falou que tinha uma mensagem vinda de Paris para falar com Magnion, era a mensagem do Bispo de Paris. Os soldados caíram na dele, e ele entrou no castelo. Naquele momento, Pierre, Sebastian e Jean-Paul resolveram ficar em um lugar protegido, esperando amanhecer, vai que aparece um lobisomem.

Já dentro do castelo, Alé procura pela filha de Magnion, ao ver a bela Valentine Magnion ficou louco com tamanha beleza. Diante a tal beleza, Alé começou a “queixar” e apesar de toda sapiência da bela, Alé conseguiu queixá-la e no quarto dela concebeu o ato sordido. O Cara era bom nisso.

Quando o dia apareceu, Valentine acordou e Alé não estava mais lá, e nenhuma pista dele havia. Imediatamente, ela falou o que ocorreu para seu pai, que ao invés de proteger sua filha e ir caçar o safado do Alé, a puniu, a deserdou. Pediu para que um cavaleiro a levasse para Paris, onde ninguém pudesse a reconhecer. Valentine não só passava a odiar seu pai, mas claro, Alé, o homem que acabou com sua vida.

Naquele mesmo instante, Alé já estava com seus novos parceiros Pierre e Sebastian e com Jean-Paul a caminho de outro feudo. O cara era safado e o pior não tinha problemas de consciência pelo o que fazia. Ao chegarem, em uma cidadezinha próxima de Magnion, quando iam parar para abastecer o bucho, Alé é reconhecido por uma bela morena, e agora?

Anúncios

Um comentário sobre “O Cavaleiro e as Damas – Capítulo 3 de 10

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.