Associação dos Sonhos Perdidos

 

Capítulo Anterior

Só de camiseta, Jéssica estava frente a frente com sua “filhinha”. Quando Estrela ameaçou gritar, Jéssica deu um abraço em Estrela e saiu pela janela, já que a janela ficava perto de uma árvore, então, ela utilizou a árvore para chegar ao chão. Estrela ficou sem saber o que fazer depois daquilo.

No dia seguinte, Estrela, com as malas prontas, disse que tinha que fazer o que era certo, saiu da casa da família que a acolheu e foi morar com Jéssica. Ao chegar na casa de sua mãe, Estrela se deparou com Jéssica cercada de bebidas  e estirada no chão. Ao tentar acordá-la, percebeu que ela não estava só bêbada. Quando ela puxou a cabeça de Jéssica, viu que ao lado de Jéssica existiam pílulas. Ou seja, ela até ligou para o SAMU, mas não adiantou, Jéssica estava morta.

Estrela volta para a casa da família que a acolheu e pediu para que eles fizessem o enterro de Jéssica, mas a família negou a fazer isso, Estrela indignada disse que mais queria os vê-los, então, ela tira toda a roupa do corpo, para não levar nada deles e assim vai para a rua. Completamente peladona, ela despi o defunto, se veste com o lençol que cobria sua mãe, e anda com um lençol e um corpo morto em seus braços, uma cena aterrorizante, em pleno no Dunas. Com pena daquela “louca”, um amigo de Estrela na escola ajuda a bela dando a ela carona até a Aerolandia, onde ela iria morar agora.

Como bateu a preguiça no escritor, mais emoções e melhores, só no próximo capítulo …