Samba-Enredo – Império de Casa Verde 2006

 

O Tigre Guerreiro estava desfilando pela quarta vez no Grupo Especial e conquistava seu segundo título no principal grupo das escolas de samba de São Paulo. A Saga do Gado foi o enredo que guiou a Império de Casa Verde a um inédito Bicampeonato para caçula. Um samba, em que o refrão até hoje toca na minha cabeça quando estou feliz. Já fiz até versões deste em poesias e canções particulares. Vem que é lindo ver o Império!

 

Enredo: Do Boi Mítico Ao Boi Real – De Garcia D’Àvila Na Bahia Ao Nelore – O Boi Que Come Capim – A Saga Da Pecuária No Brasil Para O Mundo

Letra:

Vou mergulhar no tempo
E resgatar sagradas escrituras
Com meu tigre guerreiro
Neste samba de amor
Vou nas origens da Humanidade
Do boi, que com o homem construiu
As primeiras civilizações
E da Índia partiu, em busca da realidade
Na Bahia, lá em São Salvador
Aos cuidados de Garcia, o boi se multiplicou
E se espalhou, colonizando nossa Pátria Mãe Gentil
Virou uma grande riqueza
No folclore do Brasil.

Tem rodeio e cavalhada
Alegria está no ar
É garantido, é caprichoso
Bumba meu boi bumbá.

É De conquistas em conquistas
A vitória então surgiu
Com o boi Nelore
A pecuária e a ciência evoluiu
E hoje é um orgulho nacional
É saboroso, é divinal, pode aplaudir
Vem amor, vamos comemorar
São 100 anos de história
Na passarela a desfilar.

É lindo ver meu Império
Um show de cores ao luar
Cantando para o mundo inteiro
A saga deste gado brasileiro.

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s