O Futebol no Brasil

Alemanha X Brasil

Estava com saudade disso! Um bom “Protestano!” no blog. Nem lembro quando foi a última vez que fiz um, mas chega de saudades e vamos para ação, e o assunto é o do momento, o Futebol brasileiro.

A 4ª colocação da Seleção Brasileira de Futebol, no seu centenário, no Mundial da FIFA realizado no próprio país, poderia ser considerado um bom resultado, diante o 6º Lugar de 2010 e o 5º Lugar de 2006. Mas pode ser considerado um desastre, quando se recorda a goleada de 7×1 sofrido contra a Alemanha, e o 3×0 sofrido contra a Holanda. Mas porque a seleção tomou 10 gols em 2 jogos? Porque a seleção sofreu tanto em suas partidas neste Mundial, mesmo jogando em casa? A culpa é dos jogadores, do técnico, da CBF ou não existe culpados, ou só existem culpados? Eu, na minha humilde condição de blogueiro e de aluno do curso de Educação Física, tentarei dá uma resposta.

Primeiro, como um médico, verei o prontuário. O futebol brasileiro está “anos-luz” do futebol europeu, tanto na estrutura, quanto na técnica e tática. O nosso futebol se “europeizou” na técnica, e o europeu, se “brasileirou”. A Europa se profissionalizou em todas as áreas na modalidade e entendeu a importância do torcedor, enquanto o nosso, tenta se profissionalizar, mas com saudades e detalhes do amadorismo, além de afastar, a cada ano, o público dos estádios.

A Europa entendeu a importância de uma base, e aproximou o futebol da escola, entendendo que um jogador inteligente não se faz só com uma bola no pé e treinamento pesado, mas com o desenvolvimento de outras ciências que contribuem para o desenvolvimento do atleta. Aqui empresários arrancam crianças de suas casas e levam para clubes, a fim de enriquecerem em cima dos “couros” dessas, quando não abusam destas. Os clubes exageram na carga de treinamento, no período de crescimento do atleta, prejudicando o desenvolvimento deste e do próprio clube, além de arrancarem o atleta do colégio, incentivando o desenvolvimento do atleta de futebol específico, aquele que quando aposenta tem como único destino a sarjeta e o afastamento pleno do desenvolvimento do esporte.

No Brasil, o futebol não estagnou, retrocedeu, a um nível alarmante. Profissionalizamos crianças, enquanto as diretorias seguem amadoras. Vamos no inverso da Europa, vamos no inverso da Alemanha. Ainda acreditamos que podemos fazer uma seleção como se fazia nos anos 70, mas hoje os atletas não surgem como antes. Os clubes não fazem “peneiras”, e quando fazem, é faixada para “empresários” colocarem os deles dentro dos clubes. Os times não criam artifícios que atraíam a torcida ao estádio, o ingresso encarece e o futebol diminui a cada ano, na mesma proporção. 

É necessário, não uma renovação, mas uma revolução no nosso futebol. Renovar as diretorias, mudar a visão arcaica de futebol-futebol para futebol-ciência, diminuir a influência de empresários nas bases e nos clubes, renovar as visões táticas atrasadas de nossos treinadores, entre outras soluções, que devem ser pensadas por aqueles que fazem o futebol, e não por este simples blogueiro.

Outro defeito é a destruição plena de planejamentos devido a resultados, uma sequência negativa de resultados ou até mesmo um simples resultado, é o caminho para a criação de vários pequenos planejamentos, que estão levando o futebol ao buraco. Outro problema é o calendário que não leva em conta a preparação dos elencos, mas a necessidade de futebol na grade da televisão. Isso para não falar que a televisão, ao invés, de contribuir para a aproximação da equipe com a torcida, o distancia, colocando partida em horários impróprios, como partidas as 10 da noite, em um país sem segurança ou trânsito público de qualidade, e somente um jogo transmitido por rodada em TV aberta.

Os defeitos no Futebol do Brasil vão além de duas ‘peias’ na Copa do Mundo, e acho que não vou conseguir enumerá-los ou dá-las suas respectivas soluções. Só sei que é necessário mudar, ou ficaremos igual ao Uruguai, só vendo os outros sendo campeão, e contando com orgulho de títulos do passado.

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto:
close-alt close collapse comment ellipsis expand gallery heart lock menu next pinned previous reply search share star