Águia de Ouro

Um minuto maldito! Por um maldito minuto, o desfile histórico da Águia de Ouro não foi campeão do Carnaval. João renasceu no Anhembi, no último desfile de 2013, a escola da Pompeia passou para ser campeã, mas quis o destino que por alguns segundos, a Pompeia não levasse este título, que seria o primeiro da águia. Mas ficou para história! Quem disse que precisa de troféu para se tornar inesquecível! … João, teu nome é história, o canto do povo, te faz imortal …

Enredo: Minha missão. O canto do Povo. João Nogueira.

Letra: 

Deixa a luz do amanhecer iluminar a avenida
Vem recordar a missão de um poeta
E exaltar as belezas da vida
Renasce João sobre o poder da criação
Ê vida boa…no Méier labareda no olhar
Ê vida a toa…bohêmio a luz do luar
Ê vida voa…o Clube do Samba desperta saudade
Vem brindar… festejar no Boteco do Arlindo
Mais um show do Flamengo, domingo
Um Rio de felicidade

Bole que bole ao som dos tantãns
Me leva na fé, São Jorge guerreiro
Quebra no balacochê do cavaco
Clareia meus passos, São Sebastião
Aplausos para um gênio brasileiro
Águia de Ouro é samba, amor, é tradição

Vem, vem poeta nos braços da paz
Ver a Portela de tempos atrás
Realizar o seu sonho de bamba
Compor mais um lindo samba
Canta sabiá, vai resplandecer
A nação Xingu não vai se render
Quem viveu de amor nunca vai morrer
Hoje o espelho é você

E o meu medo maior é o espelho se quebrar…
E o meu medo maior…

João, teu nome é história
O Canto do Povo te faz imortal
Ninguém faz samba só porque prefere
É Nó na Madeira o meu Carnaval