O que é a Liberdade? Para muitos, a liberdade tem um caminho, tem uma via, tem um preceito. A pessoa para ser livre tem que fazer aquilo que os outros acham ser livres. Isso foge a liberdade e joga a pessoa em outros três caminhos: SOLIDÃO, LIBERTINAGEM ou Esquerdismo Real.

A sociedade quer impor a cada indivíduo, o que ele deve fazer para ser feliz. Esta se ramifica em política, religião, conversa entre amigos, redes sociais e outros. A partir de um determinado enquadramento ou classificação, o indivíduo deverá se comportar aquela maneira.

Como exemplo, ao parágrafo anterior, podemos citar a esquerda, que prega que a liberdade presa aos conceitos de Marx, que o estado deve organizar e controlar a economia, através da estatização dos meios de produção. Quando na realidade, vemos que este conceito é bastante vinculado a corrupção.A direita não foge muito a isso, e torna o ser humano preso aos meios de produção, e que o valor do ser esta associado a suas posses e não ao ser caráter.

Ser livre não está preso a direita ou a esquerda, ou ao fato de ser religioso ou ateu. Prova disso, que o único homem na história a pregar e praticar a liberdade, foi o próprio Jesus Cristo. Um homem livre, pois apesar de ter um ideal o qual respeitava, ele revolucionou o mundo, pregando o respeito a mulher, as pessoas por seu caráter e não pelo poder que possuía ou pela pessoa, e não por sua nação ou cargo ou qualquer outra divisão imposta pela sociedade.

A liberdade só existe quando há o respeito a outra liberdade. Se for imposta uma verdade de uma pessoa a outra, a liberdade não há!

Conceituo a liberdade da seguinte maneira:
A Liberdade surge, primeiramente, do respeito e da convivência mútua entre as várias. Ele surge a partir da ideia de não ser orientar a própria vida a partir um conceito único, mas do resultado oriundo da associação de vários conceitos de vivências já existentes ou criadas na busca de solucionar as questões de convivência da sociedade em si.Além disso, uma pessoa livre pode ‘passear’ entre os diversos ideais que a compõe para resolver os problemas de sua vida nos mais diversos campos da vida.

No popular, ser livre é pensar com a própria cabeça, criticar tudo e todos, e até a si mesmo, afim de criar uma resposta para se sentir bem e fazer os outros bem.