A Princesa Vampira – Capítulo 12

Boraiev ao se deparar com a cena, se sentiu traido por seu “quase irmão”. Ao ver sua neta nos braços daquele nordestino ‘cabra’ safado, ficou indignado, porém quando tentou aniquilar Zé, ela disse que se ele fizesse isso, teria que a matar também. Boraiev estava espumando de raiva, mas não podia matar sua descendente … Depois disso, Ashley abriu o sorriso e relaxou. Boraiev quebrou a pedra verde que mantinha a vida de um vampiro durante o sol e logo depois produziu luz própria (Como assim, pequeno Jedai?) Boraiev, quando se tornou um Boraiev, conseguiu não ser somente o vampiro mais poderoso de todos, mas o mais poderoso ser mágico do planeta. Fantasmas, duendes, magos, bruxos, mula sem cabeça, saci pererê … ninguém era mais poderoso que Boraiev. Ashley via seu amado sumir aos poucos. Zé antes de morrer confirma que queria só “zoar” com Boraiev quando a procurou pela primeira vez, mas que um pouco antes da mordida, ele sentiu algo di … Morreu! … Melhor, não existia mais Zé. Como ser malvado que era, Boraiev só disse: “Todo Vampiro é defunto, só o cremei! hahahahaha!” Ashley sentia a fúria dentro de si. Ela sabia agora que ser a princesa vampira era muito além de “disputar” com Raquel, era vencer o Rei, no caso Boraiev. Antes que ela tentasse algo, Boraiev some, e o que resta para Ashley … vingar Zé!

Enquanto isso tudo acontecia nos EUA, Raquel e Edminton conversa muito sobre vampiros. Raquel demonstrava todo seu lado ‘gasguita’, quando ria das piadas loucas do seu amigo gay. Edminton queria ser Edward, mas sem a “sem graça” da Bella. Os dois resolvem tomar um Milk Shake. Quando entram na lanchonete, Boraiev estava lá. Ele pede para ter uma conversa com a menina e com a quase menina, mas depois do lanche. Quando a atendente chegou, ele perguntou se ela sempre vinha ali, ela disse que sim, então ele sorriu e disse: “Amanhã passo aqui!”. Pisca e vai lá para fora com Raquel e Edminton. Ao chegar lá, Boraiev mata Edminton com uma mordida fatal. Raquel não entendeu nada. Boraiev avisou: “O jogo acabou! Seu pai achou que eu deixaria passar a traição dele, mas agora não há nada sobre ele. Sua rival me traiu também, se a senhorita quiser curtir sua vidinha de vampira, vai ter que ficar do meu lado. E pare de procurar amigo, você é uma vampira. Deixe de ser carente.” Naquela hora, Raquel deu nem ‘valor’ para o que Boraiev disse, e foi atrás de outro amigo. Ela só pensa nisso!

….

O que fazer agora?

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto:
close-alt close collapse comment ellipsis expand gallery heart lock menu next pinned previous reply search share star