O Polêmico Livro de Cláudia Leitte

A decisão mais sensata foi abortar o lançamento de tal livro. Essa decisão foi a mais correta, diante o quadro que se formou diante este.

O problema não é o livro, não é porque é da Cláudia Leitte, mas porque é uma biografia paga pelo Ministério da Cultura, sendo quase 400 mil reais que saíram dos cofres públicos para o livro de alguém que, teoricamente, possui condições para custear o mesmo.

Estamos em um período de recessão e o governo anda realizando cortes nas mas distintas áreas, inclusive na Cultura. Enquanto vários projetos são fechados em todo país, devido o corte das verbas, o governo anuncia um gasto de quase 400 mil reais em um livro de uma “estrela pop” da música brasileira.

O “aborto” do livro foi bom para a artista, pro governo e pro livro, apesar dele já está manchado pela sociedade em si, que anda com “pavio curto” diante os “gastos desnecessários” do governo. Além disso, a Lei Rouanet anda bastante criticada pois anda beneficiando mais artistas consagrados do que importantes projetos, é hora do governo mudar a avaliação de projetos que necessitem da ajuda de verbas do governo

wp_ss_20160218_0014


Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s