Com um favoritismo que não se via desde 2008, a Ferrari promete disputar segundo a segundo, ponto a ponto, o campeonato com a Mercedes. Com a dupla Vettel e Raikkonen afiadas, e com os melhores tempos na temporada de testes, não é difícil perceber que a Ferrari deixou um passado inglório para trás e 2016 pode ser o ano da redenção da scuderia italiana.

2016 F1 Ferrari