Sobre Velho Chico

A novela “Velho Chico”, que está no horário das nove da noite na Rede Globo, vem me agradando não somente pela temática sertaneja-nordestina, mas por todo o contexto de produção existente nele.

A novela vem surpreendendo em fotografia, efeitos visuais, o uso da troca de frames, os figurinos, além da atuação dos atores e do roteiro em si. É uma produção completa, uma produção que não se via desde Pantanal, novela da Manchete marcada pela riqueza de detalhes em sua produção, também escrita por Benedito Ruy Barbosa.

Não tem como não falar do show de interpretação dada por Rodrigo Santoro, que prova a cada cena que não é à toa de que se trata de ator “hollywoodiano”. Carol Castro é outro que cresce a cada cena de Iolanda, paixão encruada do coronel Santoro. O mais importante é que todos os atores vem se superando, as cenas que demonstram uma influência perfeita do teatro no modo de interpretar dentro da novela, seja na morte do personagem de Tarcísio Meira no primeiro capítulo, nas cenas de sexo ou em qualquer embate entre os dois lados que buscam o comando de Grota do São Francisco.

Espero que a expectativa para a fase derradeira não se desmanche, que realmente, haja uma continuidade na melhora da novela e que a cada capítulo, ela siga avançando na história da TV como uma das melhores novelas de todos os tempos. Parabéns aos envolvidos nestas duas primeiras fases da novela, como diria minha mãe: ” Tá Chuchu beleza!”

Velho Chico


Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s