Desperta, João!

O que estou fazendo de minha vida?
A resposta é: Não sei!
Quando tenho que fazer algo,
Me pego jogando “Sonic”.
Quando tenho que a beijar,
Me pego parado a admirando.
Quando tenho que trabalhar,
Me fecho no medo de decepcionar.
Sou retrato do que mais detestava,
Sou um meio fracasso metido a perfeito.

Estudo muito,
Mas todo começo de semestre,
Estico as Férias.
O que mais faço de minha vida?
Tiro uma soneca às 17:00
E fico acordado até as 4:00.

Sei muito de política,
Sei muito de história do futebol,
Tenho um blog,
Que já teve milhares de visualizações por dia
E hoje, comemoro muito quando chega ao mil.

Parei no meu mundo,
Só quero escutar minha consciência
E esta está anda meio parada.
Minha imaginação me domina
E o real vira ficção.
Meio esquizofrênico, meio platônico…
Nada ajuizado para quem quer algo da vida.

Sei que sou meio louco,
Sei que sou meio bobo,
Sei que sofro com uma vida nova
Que ainda nem chegou.

Sei que ainda sairei de onde estou,
Só preciso me espreguiçar,
Sair do meu mundinho
E devorar esse mundão.
Não achei como,
Mas sei que Deus me ajudará.

Vamos tirar esses glúteos da cama,
Botar esse gastrocnêmio para trabalhar,
Conquistar de vez quem já me ama
E o mundo me dá o seu melhor!
Que isso não seja só uma poesia,
Mas uma oração
De quem suplica viver a vida.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s