Não gostei da troca! Robinho e Lucas só estão em má fase, mas já mostraram que são bons jogadores e jogaram muito em 2015. Os jogadores que chegam do Cruzeiro não tiveram, em algum momento, uma participação tão ativa em bons jogos da raposa, em comparação, os dois que saíram do Verdão. Espero que seja um até breve e que em Minas, Lucas e Robinho retomem o seu futebol, e lógico, voltem “voando” em 2017, ano que reconquistaremos a América. Que os dois jogadores que chegaram, Fabrício e Fabiano, calem minha boca e joguem muito com a camisa do Verdão no Brasileirão e na Copa do Brasil.

A troca se dá no momento em que o Palmeiras começa a preparação ao Campeonato Brasileiro. Segundo Cuca e a diretoria, o objetivo é quebrar o maior jejum do Palmeiras dentro do Brasileirão, 22 anos. Nesse período, haverão trocas, dispensas e até contratações. O Palmeiras terá uma espécie de “pré-temporada” nas próximas três semanas, já que só volta a campo pelo nacional no segundo sábado de Maio.

Robinho e Lucas Emprestados ao Cruzeiro