Leicester City Champion

Quando a Premier League alterou seu sistema de cotas televisivas, foi com a ideia de tornar o campeonato mais interessante, onde os grandes (Manchester United, Manchester City, Chelsea, Arsenal e Liverpool) não se distanciasse tanto dos demais clubes, evitando uma polarização de 5 clubes em um campeonato com 20 clubes.

Apesar desse diferencial, ninguém imaginaria que o campeão 2015-2016 da Premier League seria o Leicester City. A equipe que ganhou a temporada 2013-14 da Championship (2a Divisão Inglesa) e escapou heroicamente do rebaixamento na temporada passada, montou uma equipe sem muitos gastos e com o objetivo claro de escapar do rebaixamento novamente.

Com o caminhar do campeonato, o time comandado por Claudio Ranieri foi permanecendo no topo e a imaginação já permitia acreditar em vaga na UEFA Champions League, porém isso parecia mínimo diante a regularidade da raposa. Enquanto Chelsea e Liverpool assistiam de longe a disputa do topo do campeonato e Arsenal, United e City brigavam por vagas no torneio europeu junto com o também surpreendente West Ham, o Tottenham era o único que assustava a zebra.

Com a proximidade das últimas rodadas, o Leicester City foi somando 3 pontos com vários “1×0”, ou seja, jogando o suficiente para ganhar e tornar o sonho de um título improvável em real. Se o Tottenham dava “show” em alguns jogos e tropeçava em outros, o Leicester seguia regular e cada vez mais campeão. O time que tinha um operário como artilheiro, um argelino como mente criativa e um jamaicano como capitão, ia superando todas as expectativas e se tornando o queridinho não só da Inglaterra, mas do mundo.

A vaga antecipada na Champions League foi conquistada, o “imponderável de Almeida” seguia vivo nos gramados ingleses. O Leicester poderia ser campeão inglês na casa do Manchester United, mas o empate adiou a festa dos “Foxxes”, que ficaram na expectativa do clássico londrino, entre Chelsea e Tottenham, já que a não-vitória dos Spurs confirmaria o título da sensação inglesa.

No Stanford Bridge, o Chelsea mostrou que não iria deixar o rival seguir vivo na disputa. Apesar disso, os Spurs conseguiram abrir 2×0 diante o blues. O jogo esquentou e no segundo tempo, o Chelsea conseguiu buscar o empate do jogo, com direito a um golaço de Hazard, que tirou o Tottenham da disputa do título. A festa era do Leicester City, pela primeira vez, campeão inglês.Leicester City


Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s