Uma Semana Pra Temer

Após uma semana do novo governo no país, vemos que tirar o PT e manter o PMDB, não altera em nada, o atual quadro, e ainda está distante do que queremos, fortalecendo a ideia das novas eleições ainda este ano.

Em apenas uma semana, o governo Temer manteve os cortes no Fies, pro-uni e pronatec, iniciado por Dilma, fez cortes no Bolsa-família e cancelou a terceira etapa do “Minha casa, minha vida”. Se não bastasse isso, manteve alguns nomes ridículos com Ministério, como Kassab, cortou o Ministério da Cultura, nomeou pessoas citadas no Lava-Jato para Ministérios, manteve a tradição petista de nomear ministros por partidos e nomeou um “homicida” para líder do governo na Câmara (o de Dilma era o “Cuequinha”).

Coisas boas aconteceram, como o corte de repasse de verba para países como Cuba e Venezuela e a redução no número de ministérios. Acabou aí! As notícias que surgem não são boas, acredita-se que a idade mínima para a aposentadoria subirá de 60 para 65 anos, independente se é homem ou mulher, da cidade ou do campo. Além disso, Cunha segue como nome forte dentro do PMDB, o que é um perigo para alguns avanços conquistados, como o direito ao nome social para transexuais e travestis ou a aprovação do arcaico estatuto da família. Outras notícias citam que o governo Temer dará sequência ao Plano Levi-Barbosa, instituído em Setembro do ano passado pelo Governo Dilma, que tinha como pontos, por exemplo, o congelamento no salário de funcionários públicos e a suspensão dos Concursos públicos por tempo indeterminado.

Temer e seu governo não apresentaram um projeto firme para conter a inflação, por exemplo. O nome forte do governo, Henrique Meirelles, anunciou que algumas ações seriam realizadas em breve, mas nada muito concreto. Parecem está esperando, se Dilma cairá plenamente daqui há 170 dias para fazer algo.

O Brasil teme o governo Temer, principalmente após essa primeira semana. Não será surpresa se palavras como #ForaTemer começar a ecoar com mais força entre a população nas próximas semanas.

Anúncios

Um comentário sobre “Uma Semana Pra Temer

  1. Trocar a Dilma pelo Temer é trocar seis por meia dúzia e esperar um resultado melhor na equação da crise. Infelizmente não vejo um horizonte muito ensolarado pro nosso país, seja lá qual for o resultado do impeachment. A única coisa boa que pode surgir de toda esta situação é, quem sabe, o povo tomar um pouco mais de consciência política e parar de tratar eleições como disputa de copa do mundo…

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s