Au Revoir

Au Revoir, moun amour!

Não sei como dizer essas palavras

Mas é algo necessário

para que ambos vivam.

 

 

Mas o que era doce,

azedo ficou.

Onde havia sentimento,

somente o vácuo existe.

 

 

Aos poucos, aquela árvore,

Cheias de belos frutos,

foi secando,

até ficar murcha e morta.

 

 

Au revoir!

Por todos os dias que chorei,

por todo o que te fiz

e você se quer notou.

 

Au revoir, a nossa derrota!

Porque só estávamos a nos enganar,

não existia alegria,

era somente burocracia,

pois não queríamos está só!

 

 

É o fim dessa parte de nossa história

e não de nossa história!

A vida seguirá

e um dia podemos até nos reencontrar,

mas para hoje, só te direi:

“Au revoir!”

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s