Era Para Ser Uma Poesia de Amor

O que é o amor?

O amor é como procurar água,

ora em um lago límpido e azul,

ora em meio ao semi-árido sertão do Ceará.

 

O amor pode ser o que quiser,

e pode tomar todas as formas.

O amor pode ser uma dor incurável,

como pode ser a cura para a mesma.

 

Esse sentimento é inigualável,

ele metamorfoseia

do dia para noite,

ou depois de anos.

 

O amor pode ser sincero,

pode ser falso,

pode ser impecável

ou conveniente.

 

Eu não sei amar,

amo hiperbolicamente,

o meu amor exagerado,

costuma ser devorado!

 

Ai, o amor!

Ele é tão imperfeito,

que seu modo vital

chega a maltratar quem o detesta.

 

Ame!

Não se contenha!

Ame!

 

O Mundo pode tentar rachar o amor,

outras necessidades vão tentar findá-lo,

mas não se deixe levar,

ame, enquanto o amor disser sim pra ti.

 

Isso era para ser uma poesia de amor,

mas poesia de amor não to podendo fazer,

minha mente já interfere,

o choro já vence o sorriso!

 

Mas amores não morrem,

Um “Eu Te Amo” quando dito não pode se descartar.

O sentimento pode mudar,

mas se acabou, “perdonáme”, mas não era amor.

 

Amores e amar,

ame o que a vida lhe permitir.

Sorria, o amor está no ar!

E não adianta escapar,

você é humano

e o amor lhe pegará!

 

Amor Rachado - Dexaketo

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s