Mancha Verde 2017

Samba-Enredo – Mancha Verde 2017

COMPOSITORES: Celso Mody, Alê, Rodrigo e Wladi

Enredo: ZÉ DO BRASIL, UM NOME E MUITAS HISTÓRIAS

Letra:

Bate em meu peito a emoção
É verde e branco o meu amor
Orgulho e paixão
Nos braço da multidão
O samba reconhece o meu valor

No puro balanço do tambor, é Zé Pereira
Canto em brado a homenagem aos Josés, (Mancha Guerreira)
Do milagre à devoção, a fé, religião
Aos romeiros eu sou padroeiro e a salvação
O dom de curar em minhas mãos
Na voz um doce cantar
Fiz da Vila, cidade
Vindo de além mar
Eu sou a história
Tenho muito pra te contar

Êêê, o meu nome é expressão popular
Êêa, o clamor a liberdade
Imortal
Capoeira, Capoeira

Valei-me, valei, sou arte
Cabra da peste sonhador
Malandro “guerreiro”, felomenal
Ao som da Tropicália dei o tom
Personagens criei
O terror em cartaz
Roda Viva em cena
Eu sou a face da grandeza desse povo
A metamorfose dessa pátria mãe gentil
Muito prazer, Zé do Brasil!

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s