Um Pouquinho de Amor Não Faz Mal a Ninguém – Capítulo 35

CAPITULO ANTERIOR

Gabriela ao despertar, vestiu sua única roupa e foi a loja mais próxima de seu apartamento e comprou algumas camisas e blusas. Ela era uma nova mulher agora, mas não só por isso, ela via o mundo de maneira diferente. Para mudar por completo, Gabriela tentou ser heterossexual, mas desistiu ao ver uma bela garota que passou a sua frente, quando teve essa ideia sem noção. Porém, Gabriela agora seria mais fria ao lidar com os sentimentos, não escutaria mais músicas que falassem de amor, não se estaria perto de nada que remetesse a tal sentimento que só a fez mal.

No outro dia, era sábado, logo de manhã fui “perturbar” o Matteo, ele se surpreendeu com aquele meu jeito novo de vestir, mas disse ter ficado triste com o modo que falava do amor, pois eu deveria ter raiva da vadia da Thaís e não desse nobre sentimento. Gritando, falei que não poderia correr o risco de viver o que tinha vívido e estava muito bem com meu amor próprio. Matteo, revoltado,  disse que eu não estava tendo amor próprio, mas sendo uma covarde, pois quem tem medo não vive a perfeição do amor. Após terminar o que falo, soltou aquele “Ecco”, mostrando que estava furioso com o que falei. Porém, a nova Gabriela não ligava para o que diziam para ela, pois sabia muito bem o que queria da vida.

Como não tinha nada para fazer, fui para praia, cheguei coloquei o menor “biquininho”, porque queria deixar a marquinha bem sedutora. Para mim agora, as pessoas eram passageiras e sem importância, só as usaria para saciar o meu prazer.  Após alguns minutos seduzindo na praia e me livrando daqueles “urubus”, me veio o sorriso de uma bela menina. De nome, Rosa, ela chegou para conversar comigo, e logo percebi que ela me achou interessante. Conversa vai e conversa vem, a levei para minha casa. Chegando lá a chupei, a lambi, usei nela o meu consolo favorito… amei seus peitos, seu corpo e sua boceta. Sua boca era muito gostosa, era de ficar horas beijando.Ao fim de toda “putaria”, ela sorriu pra mim e disse que adorou tudo o que havia acontecido ali. A antiga Gabriela teria se apaixonado, mas a nova ….

(Próximo Capítulo)

Anúncios

Um comentário sobre “Um Pouquinho de Amor Não Faz Mal a Ninguém – Capítulo 35

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s