Vila Isabel – Samba-Enredo 2017

COMPOSITORES: Arthur das Ferragens, Gustavinho Oliveira, Danilo Garcia, Braguinha e Rafael Zimmermann

ENREDO: O Som da Cor

Letra:

A minha Vila chegou
Ouça essa voz
A pele arrepia ao som da batida
Força dos meus ancestrais
Herança que faz ressoar o rufar do tambor
Pra gente dançar assim, feliz
Maracas encontram tamborins
O reggae celebra mensagens de paz
Oh minha flor, quero você em meus braços
Bailando no mesmo compasso
Um tango de drama e amor

Vila
Azul que dá o tom à minha vida
Um sopro de esperança na avenida
Eu faço um pedido em oração
Ouvi-la pra sempre no meu coração

Um solo de guitarra a embalar
Soul a mais perfeita forma de expressar
Eu vou, eu vou… Onde fez raiz a tradição Nagô
Eu vou, eu vou, foi
O povo do samba quem me chamou!
Ginga no lundu (morena)
Negro é o rei (é o rei)
Toque de Ijexá (afoxé)
Pra purificar (minha fé)
Gira baiana, deixa a lágrima rolar
Quando no terreiro novamente ecoar

ÔÔ Kizomba é a Vila
Firma o batuque no som da cor
Valeu Zumbi, a lua no céu
É a mesma de Luanda e da Vila Isabel

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s