Gol do Atletiba – Atlético-PR e Coritiba não se enfrentam por Serem contra Medida autoritária da Federação Paranaense

Atlético-PR e Coritiba só queriam que o clássico fosse transmitido ao vivo em seus canais do Youtube, porém a FPF (Federação Paranaense de Futebol) não permitiu. Em contra-resposta, não houve jogo. EXATAMENTE! A dupla Atletiba resolveram que não haveria jogo. Os jogadores entraram no gramado da Arena da Baixada, saudaram a torcida e depois voltaram ao vestiário e não retornaram mais.

atletico-pr-x-coritiba

A Federação afirmou que a transmissão não podia ocorrer devido a problemas de credenciamento, o que não é verídico, pois através de vídeo no canal do Atlético-PR, é possível captar um áudio no qual o árbitro afirma que não pode começar o jogo, porque a federação proíbe a transmissão pelas Redes Sociais, recebendo “ordens” da detentora da transmissão (A Globo). Os clubes responderam em suas mídias que a partida seria transmitida por seus canais no Youtube, já que ambas equipes não tem seus jogos transmitidos em TV Aberta, já que não aceitaram a “merreca” oferecida pela Globo e sua afiliada. Seria o primeiro jogo transmitido exclusivamente pelas Redes Sociais.

Com a saída dos jogadores de campos, ambas torcidas reagiram com uma série de palavrões e gritos de ordem em repúdio a proibição feita pela Globo e pela Federação.

Em entrevista a programa do canal pago EIMAXX, do grupo Esporte Interativo, o presidente tentou explicar o motivo da proibição, se justificar, porém estas não foram aceitas por ambas torcidas nas Redes Sociais. Além disso, o mesmo, entrou em discussão com um comentarista da ESPN que foi contrário a atitude ditatorial do mesmo.

atletiba-historico

O CORITIBA e o ATLÉTICO se pronunciaram por Nota:

O Coritiba Foot Ball Club e o Clube Atlético Paranaense informam que o clássico deste domingo (19), no Estádio Atlético Paranaense, não foi realizado devido à decisão da Federação Paranaense de Futebol de não autorizar o início da partida com a transmissão dos clubes em seus canais oficiais, no Facebook e YouTube, contrariando os interesses de seus afiliados CAP e CFC.

Os clubes lembram que a ação pioneira foi realizada, pois as duas equipes não venderam os direitos de transmissão de seus jogos no Campeonato Paranaense, por não concordarem com os valores oferecidos.

Diante da posição arbitrária e sem qualquer razoabilidade da Federação Paranaense de Futebol, os clubes lamentam o prejuízo causado ao futebol paranaense, em especial aos seus torcedores. 

Ficam as palmas para Atlético-PR e Coritiba pela resposta forte aos “mandatários” do futebol, a repressão da Globo e das Federações.

Olho entre os 34 e 38 minutos do vídeo.

 

Nota da FPF (Federação Paranaense de Futebol)

A Federação Paranaense de Futebol, em vista dos fatos ocorridos na partida entre Clube Atlético Paranaense e Coritiba Football Club no dia 19/02/2017, válido pela 5ª Rodada do Campeonato Paranaense de 2017, esclarece o seguinte:
A Federação Paranaense de Futebol não possui nenhuma responsabilidade pelo cancelamento da partida.
A não realização do jogo ocorreu por culpa exclusiva dos Clubes, que desobedeceram a ordem do árbitro de retirar profissionais não-credenciados do gramado onde se realizaria a partida.
Diante disso, uma vez que em nenhuma partida é permitido o acesso e permanência de pessoas estranhas no entorno do gramado, o árbitro agindo de acordo com o Regulamento da Competição (art. 35, §2º e 3º, art. 36, e art. 64, §2º, inciso I do Regulamento Geral), não autorizou o início da partida, até que essas pessoas estranhas ao recinto se retirassem.
O Clube Atlético Paranaense e o Coritiba Football Club, em total desobediência à determinação, recusaram-se a retirar as pessoas não-credenciadas de campo dentro do prazo regulamentar, o que levou ao cancelamento da partida, prejudicando milhares de torcedores que compraram o ingresso e se deslocaram para assistir ao jogo do Campeonato Paranaense de 2017.
Esclarece ainda, diante das inúmeras inverdades veiculadas pelos dirigentes dos dois Clubes, que a Federação em momento algum questionou a transmissão via WEB, entendendo que não havia qualquer tipo de impedimento para sua realização, inclusive acompanhou atentamente a iniciativa dos Clubes nesse novo meio de transmissão.
A Federação Paranaense de Futebol lamenta profundamente o cancelamento da partida, esclarecendo que a responsabilidade pelos prejuízos causados é exclusiva dos Clubes, e que acionará os órgãos competentes para punição dos responsáveis.
Curitiba, 19 de fevereiro de 2017.
Federação Paranaense de Futebol
Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s