Peruche 2017

NOTA DEXAKETO: 9,5

 

Foi o melhor desfile da Peruche no novo século, a Filial do Samba soube fazer um desfile grande, o que não ocorria há anos. Com um samba muito bom, que não pegou nas arquibancadas, como o de sua antecessora, Mancha, mas que é uma poesia que cresceu na avenida entre seus integrantes. A escola inovou, provocou, mostrou que a Unidos do Peruche não é só escola “ioiô”.

A Peruche teve problemas exatamente no quesito em que se destacou. As alegorias que vieram luxuosas, bem acabadas (há anos a Peruche pecava nesse ponto) e com uma variedade contextual incrível dentro do Enredo, deram problemas para entrar na avenida. Tanto o Abre-alas, quanto o segundo carro quase não entram. As escolas pode acabar perdendo décimos em Evolução, devido a não-constância na ritmicidade dos componentes, já que a escola teve que “frear” em dois momentos e “acelerar” para recuperar o ritmo inicial.

Mas a Peruche veio tão completa, que esses décimos não devem afetar a apuração final da escola, que deve confirmar mais um ano no Especial. A escola que entrou soltando “pombos de balão” para encher a avenida de Axé, ao falar de Salvador, e que teve uma bateria toda inspirada em Carlinhos Brown e que colocou Michael Jackson, de novo, para dançar no pelourinho. Merece ficar. Parabéns, Peruche!

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s