Cemparimbu – Último Capítulo

CAPÍTULO ANTERIOR

Estamos em 2340, Cemparimbu segue ainda com as mesmas fronteiras. As guerras por independências haviam sido cessadas, as negociações políticas e econômicas consolidadas. O mundo apresentava um período que os rebuliços eram mais pontuais e menos drásticos.

Os países monárquicos estabeleceram um sistema parlamentar, onde o rei não era tão figura ilustrativa. Os países republicanos consolidaram seus democracias. Em muitos países, o número de partidos não passavam de 8. Em sua maioria, os partidos eram: Republicanos, Independentes (liberais), Conservadores, Comunistas, Socialistas, Sociais-Democratas e Positivistas. Era bem dividido a questão de parlamentarismo e presidencialismo.

No quadro econômico, Xiz ainda era a principal potência, mas dividia o “protagonismo” com União Patriarca, Sanders, Cruz, Iti, Pietrasinska, República Democrática Delon e Kleur. Países que possuíam uma espécie de “protagonismo” regional ou política.

Cemparimbu era um planeta que era, naquele momento, uma Terra melhorada. Nenhum cemparimbudiano queria vir a Terra, mas todo terraquio queria Cemparimbu. Os líderes das principais nações dos dois planetas resolveram em acordo que as viagens seriam encerradas por 1000 anos, e assim foi feito. Os dois planetas se “desconectaram” e, a partir de agora, era cada um por si.

A vida em Cemparimbu seguia, mas a história aqui terminou… Ops! Começa Sanders, iremos adentrar o país mais apaixonante daquele planeta.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s