Palmeiras e Felipe Melo São Vítimas do Peñarol

Para quem viu o ao vivo pela FOX SPORTS ontem, sabe muito bem que Felipe Melo foi cercado pelo time uruguaio e somente se defendeu de uma agressão generalizada. Os outros jogadores do Palmeiras só tentaram salvar o meia. O mesmo foi colocado contra a parede, com a pequena ajuda de 2 policiais, e depois por parte de seguranças particulares do clube alviverde, conseguiu escapar de um “linchamento”. Na saída, os mesmos jogadores ainda viram seguranças do clube uruguaio fecharem o portão de saída do gramado, acrescentando o teor de “emboscada”. Novamente, seguranças palmeirenses forçaram o portão, no que possibilitou a saída dos jogadores palmeirenses de campo.

Ainda pelo ao vivo da FOX SPORTS foi possível receber a informação de que durante todo o jogo, a torcida do Peñarol ficou jogando diversos objetos e até bomba, na torcida do Palmeiras, e nada foi feito. Até que no fim do jogo, o cenário de terror tomou conta do estádio, quando, até mesmo os fiscais, começaram a jogar objetos contra a torcida do Palmeiras, que somente se defendeu. Ainda há relatos, que a polícia pouco fez para dar a proteção a torcida, devido ao pouco efetivo presente no estádio e muitos torcedores tiveram que protegerem outros.

Ainda há relatos de repórteres uruguaios, que usaram “tripés” para atingirem jogadores palmeirenses, no caso, Egídio, sem nenhuma razão específica.

Só lembrando que já dentro do vestiário, diversos torcedores do Peñarol invadiram o mesmo e tentaram agredir os jogadores alviverdes, que novamente, foram salvos pelo grupo de seguranças do clube.

Parabéns aos seguranças do Palmeiras que evitaram uma tragédia na noite de ontem. O clube Peñarol nada fez para evitar a confusão. Só lembrando que o clube já tem tradição em brigas, em 2011, o time uruguaio ao perder a Libertadores para o Santos, começou a agredir os jogadores do Santos, sem nenhuma razão para começar com tal baderna. O Atlético-PR também já sofreu com atitudes violentas do clube uruguaio.

Felipe Melo não fez nada ao fim do jogo, ao contrário, além de cercado começou a ser xingado de “macaco” e outros termos. Que fique claro, que o mesmo já havia sido vítima de racismo no jogo de ida no Allianz Parque, mas preferiu revidar com as palavras do que com processo criminal. Verdade, que Felipe Melo errou ao falar que iria “dar tapa na cara de uruguaio” ao chegar no Palmeiras, mas ele só deixou claro que na Libertadores essas brigas são comuns, são quase uma tradição do torneio, e que os uruguaios quase sempre estão envolvidos. Apesar do erro, ninguém merece ser “linchado” dentro de campo por isso.

Pela tradição da CONMEBOL, provavelmente, ninguém será punido, muito menos o clube Peñarol. Lembremos que na Copa Sul-Americana de 2009, Fred foi punido por quase levar uma pedrada da torcida do Cerro Porteño. Felipe Melo vai ser punido pela CONMEBOL, pois é tradição da instituição, inverter a situação.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s