O Depoimento de Lula

Nesta Quarta-Feira (10), por volta das 14 horas, o ex-presidente e pré-candidato as Eleições 2018, Luís Inácio Lula da Silva, irá depôr, na sede da Justiça Federal do Paraná, na cidade de Curitiba, diante o juiz federal Sérgio Moro, sobre as denúncias ao qual responde nas mais distintas operações da Polícia Federal/Ministério Público, principalmente, sobre as 3 ações no qual já se apresenta como réu.

A defesa de Lula tentou durante os primeiro dias desta semana, adiar o dia do depoimento do ex-presidente, sendo este pedido foi indeferido na manhã desta Terça. Em uma última tentativa de evitar o depoimento desta quarta-feira, os advogados do ex-presidente, entraram com um requerimento, que pedia que  Sergio Moro, não fosse o juiz ao qual Lula fosse depôr, outro requerimento negado.

Para evitar o clima de “Final de Copa do Mundo” ou de “Clássico Estadual”, ou seja, para evitar tumultos e pancadarias entre “coxinhas” e “mortadelas”, em frente ao prédio da Justiça Federal do Paraná, toda a região próxima do julgamento, terá um cerco especial, com policiamento reforçado em todo aquele perímetro da cidade de Curitiba. Apesar disso, muitos manifestantes pró e contra Lula, ou da Lava-Jato, peregrinaram rumo a capital paranaense, visando presenciar o momento e manifestar sua opinião sobre a questão em si. O risco de enfrentamentos ainda é grande, ou que gerará um bom trabalho para a Polícia, para tentar evitá-los.

Lula é considerado pelo MPF, o chefe do esquema chamado Propinocracia, que envolve todos esquemas de corrupção que envolveram as principais estatais nacionais, como a Petrobrás, o Banco do Brasil, a Caixa e o BNDES, com partidos políticos, como PT, PMDB, PP, PSDB e outros, e empreiteiras, como Odebrecht, OAS, Mendes Júnior e Andrade Gutierrez. Todos os casos investigados durante o mandato de Lula e de Dilma.

Diferentemente do que pedido por Lula e sua defesa, o depoimento não será transmitido ao vivo, porém Moro, afirmou que os vídeos contendo este, não será sigiloso, e terá um livre acesso de todos, porém após as análises necessárias da Corte sobre este.

Esta quarta é um dia histórico, pelo tamanho do caso e da pessoa envolvida nesta,  mas não pode ser esse “Fla-Flu” imaginado pela mídia e pelos seguidores de Lula. Tanto o depoimento, quanto a análise deste, tem de ser feito sobre uma rigoroso parâmetro técnico utilizando a lei em vigor para definir se Lula é, ou não é, perseguido ou chefe. Como pessoa, todos podemos dar nossa opinião, mas em um julgamento, é necessário se utilizar a lei, o depoimento e as provas, para determinar uma sentença. Que nesta quarta, tudo ocorra naturalmente (o que dificilmente ocorrerá) e que se Lula for inocente ou culpado, que a lei, e somente ela, nos diga. Que Sérgio Moro, se apresente com total respeito a seu cargo e que Lula, se apresente com total respeito a sua situação. Que amanhã, o Brasil comece a fazer o certo,  e que no fim do processo, tenhamos a resposta, seja ela, “Lula é inocente e só foi perseguido” ou “Lula é culpado, e as provas confirmaram o que a maioria já esperava”

Eu tenho minha opinião sobre o caso, mas não sou juiz, nem advogado, que se faça a Lei, e que se julgue com imparcialidade e respeito a todos os envolvidos no caso, e aos brasileiros, que o acompanham.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s