Não To Bem (Poema da Tristeza)

Sinto uma tristeza em meu peito,

daquelas que dói de repente.

daquelas que não possuem explicação,

daquelas vazias e deprimentes.

 

 

Sinto um vácuo sem sentido,

uma desilusão permanente.

Uma vontade de não sair de casa,

de esta sempre descrente.

 

 

Nada me faz bem,

nada me faz sorrir de verdade.

Existe um peso da idade

que por dentro me sufoca.

 

 

Não sei lhe dar

com meus problemas,

eles se acumulam, somente,

jamais são resolvidos.

 

 

A cada pancada, não me fortaleço,

ao contrário,

me sinto mais fraco e mais debilitado…

cada vez menos forte!!!

 

 

É deprimente o estado que estou..

Não estou deprimido,

estou enfraquecido,

maltratado por  incompetência própria.

 

 

Decisões erradas…

Momentos errados…

Tudo errado!

Maldita consciência inoperante.

 

 

Não, não sei o que passa dentro de mim,

sinto um medo, uma covardia…

Não, esse não sou eu…

é um retrato meu diante o mundo que se fez.

 

 

Todas as noites, eu choro…

Mas nenhuma lágrima, cai de meu rosto!

É como se por fora,

já estivesse enraizado em meu disfarce.

 

 

 

Desculpa, hoje não estou bem,

eu não estou feliz,

estou cada vez mais reprimido

dentro de um mundo que se fez diante de mim.

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s