Oh, Indomável Senhorita!

Quem és você?

Que mal chega e já leva meu coração?

Sem pedir licença ou permissão,

já decreta que assim vai ser.

 

Oh, indomável menina,

que pensas ainda em ser rainha,

em meio a república de minha ira

e ao meu tirano coração.

 

Vós que és predestinada

que tens um futuro brilhante

Quer a mim do teu lado

Independente do que ocorra.

 

 

Oh, vossa majestade,

se o que te faltas é coroa,

saiba que esta não precisa ter

diante sua alma imperial.

 

 

É desse teu servo querido,

escravo sentido,

que te vem maior afeição,

não me deixe te domar,

seja a ti mesma,

como sempre foi.

 

 

Tua beleza está em vossa liberdade,

teu sorriso é um traço de perfeição.

És indomável como a água e o ar,

e eterna rainha de minha emoção

 

 

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s