Admirem-se por Poliana Aleixo

Observação: Esse Texto não foi enviado para o blog, seria moral demais, mas achamos maravilhoso esse texto da admirável atriz Poliana Aleixo, então repostamos aqui. Um recado a nossa geração.

 

“Eu tenho pensando bastante sobre um assunto que, querendo ou não, sempre me rodeia. Vejo tantas meninas comentando em fotos minhas falando sobre meu corpo, coisas como “queria ser ela” ou “como você emagreceu, está linda” e isso me dá uma dor no coração, porque não quero que me achem linda porque estou magra, nem que vocês queiram ser qualquer outra pessoa que não vocês mesmas. Como algumas pessoas sabem, engordei 10kgs para uma personagem, então eu senti na pele o quanto as pessoas (e até nós mesmos) podemos ser intolerantes a tudo aquilo que é considerado “fora do padrão”. A gente vive numa geração cruel, onde as pessoas são felizes o tempo todo e tem corpos perfeitos nas mídias sociais, onde meninas ganham mais e mais seguidores todos os dias por venderem perfeição, é tanto facetune, filtro e luz perfeita, que a gente, as vezes, esquece, que isso não é real. A internet e as mídias estabelecem padrões altíssimos de beleza todos os dias, mas só você mesmo pode escolher o que é beleza pra você. Não há nada de errado em se cuidar, mas nós somos muito mais que uma imagem. Eu me alimento bem, faço exercícios, tenho celulite, estria e coisas que me incomodam no meu corpo. Eu fico inchada e chorona na TPM, tenho olheiras e tantas outras coisas que não fazem parte desse padrão, mas fazem parte de mim e eu me amo, então amo todas essas imperfeições também. Não se deixem levar por essa cobrança externa e entendam também que nós, mulheres, somos muito mais incríveis e fortes juntas. Não deixe a beleza de uma mulher fazer com que se sintam mal, menos bonitas, nunca. Admirem. E olhem pra si mesmas e admirem-se também. Entendam que a forma como vocês cuidam da sua vida , das pessoas que fazem parte dela e de você mesma, é tão importante (ou até mais, na minha opinião) como cuidam do seu corpo. Não existe padrão quando nos amamos e nos tornamos pessoas conscientes. Gostaria, de coração, poder abraçar cada uma de vocês que já se sentiu mal consigo e mesma e dizer “você é única e nada vai te parar quando entender isso”. You go girl!”

POLIANA ALEIXO

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s