Um Pouquinho de Amor Não Faz Mal a Ninguém – Capítulo 52

Capítulo Anterior

Ao retornar ao trabalho, Antonio voltou leve, feliz, com um sorriso que ia de uma ponta a outra de seu rosto. Todos os seus colegas viram que Antonio tinha a felicidade como amiga naquele momento. A cada entrega, ele queria fazer outra. Disposto, gaiato, risonho… todos sabiam que a entrega na casa da jornalista havia sido mais que uma entrega.

A noite, ao chegar da faculdade, o sorriso de Antonio era fácil, enquanto isso, Jussara só queria saber de chorar. Antonio tentou falar com Jussara, que com ódio nos olhos pediu para nosso motoboy apaixonado não se direcionar a ela. Ordem atendida sem pressões. Para Jussara, Antonio havia acabado com o romance mais “massa” que ela havia conquistado.

Quando arrumava a casa, ao ver a parte de esportes do jornal na TV, ficava bobo ao olhar sua musa falando dos gols da rodada. Até frases como: “A pouca criação ofensiva do Quixadá fez com que o Maranguape crescesse no jogo.” – faziam ele ficar babando. Antonio estava que nem o Tim Maia, só queria saber de amar, e de preferência, a Sabrina.

Antonio passou a visitar Sabrina a cada entrega pela manhã. Claro, as vezes, chegava antes dela, fazia o café dela e deixava tudo pronto para sua amada. O motoboy era um apaixonado clássico, um romântico nato, um cara que acreditava no amor.

Em um sábado à noite, ele chamou Sabrina para ir numa pizzaria próximo a sua casa, além de pedir para eles passarem a noite na casa dele, para ela conhecer. Obviamente ela topou, pois ela também estava curtindo aquele homem, que apesar de pobre, sabia a fazer feliz. Aquela noite foi inesquecível para ambos, principalmente para Antonio, quando após a segunda transa, Sabrina disse que nunca havia conhecido alguém tão maravilhoso como Antonio, e que estava apaixonada por ele. Os olhinhos de Antonio brilhavam e o amor dos dois se fortaleciam ainda mais ali. Ai, o amor… Ai ai. Ao som de Shania Twain, os dois continuaram agarradinhos e se amando muito.

Ai ai… Nada de um pouquinho de amor… Aí era Amor demais…

Mas no próximo capítulo, coisas acontecerão. Que coisas? Próximo Capítulo, vos digo.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s