Bobo e Apaixonado

De repente, estava apaixonado,

ao olhar para ela pela primeira vez,

ali logo percebi

que não era somente um caso de momento.

 

Depois de tanto tempo,

ao olhar para ela ainda sinto o mesmo sentir.

Aquela vontade que vai além do beijo e do braço,

mas um querer que só deseja o bem dela.

 

Não me importa que está tudo quebrado em mim,

se tudo anda dando errado em minha vida…

O que importa é ela e está bem,

e só isso, me faz realmente feliz hoje.

 

 

Como eu gosto do corpo dela,

como amo sua risada, seu jeito…

até quando está brava

continua linda e perfeita.

 

Sei que estou sendo bobo,

a exibi-la assim,

mas o que posso fazer,

se a amo desse jeitinho.

 

A gosto de todo jeito,

porque amor tem nada a ver com o momento,

mas é um sentimento que perdura,

até mesmo depois da raiva.

 

Como não amá-la,

como não a querer…

Eu não aprendi a gostar dela,

Eu existo para amá-la.

 

 

Não importa o termo,

não importa como,

ela a quero em minha vida,

até o último instante que Deus permitir.

 

 

A felicidade tem nome e sobrenome,

tem cor de pele, características físicas e personalidade.

A felicidade é concreta, não é abstrata,

a felicidade é ela, minha rainha, minha amada.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s