Os comerciais a seguir foram  ao ar um ano antes da criação da Internet e veja que as cartas ainda dominavam a TV. Relembre comerciais clássicos como o do antigo “Papa-Tudo” espécie de Tele Sena da Globo. A chamada de novela História de Amor, de Manoel Carlos, exibida no horário das 18 horas, à época explanado como novela das 6 horas, já que era mais comum os relógios até 12 horas (de ponteiro) que os digitais. Reparem na primeira abertura de Malhação.

– Promoção Quanto/Bombril (Carlinhos Moreno)
– Chamada “História de Amor”
– Benegrip
– Papa-Tudo Mês da Criança (José Rubens Chachá)
– Chamada “Telecurso 2000 – Profissionalizante de Mecânica”
– Ministério da Saúde – Vacinação de Cães e Gatos
– Chamada da Série “Robocop”
– Flash “São Paulo Já” (Eleonora Paschoal)
– Oferecimento “São Paulo Já”