Enredo: Academicamente Popular

Compositores: Ricardo Góes, Flavinho Segal, Naldo, Serginho Machado, Fabiano Paiva, Igor Marinho e Gustavo Clarão.

 

 

Letra:

Vem ver! Convidei Debret
Pra pintar o desfile do meu Carnaval
A arte neoclássica impera
No Brasil colonial
Dom João! Em nobres traços vê inspiração
E faz um Rio à francesa
Erguendo os pilares do saber
Emoldurando a exuberante natureza
Onde toda forma se mistura
À mais perfeita arquitetura

É A FORÇA DA MATA! SALVE, SÃO SEBASTIÃO!
ONDE O ARTISTA ENCONTRA O POVO, A BELEZA DESSE CHÃO
VIU NO TOM A NEGRITUDE, VIU NO ÍNDIO A ATITUDE
O ESPLENDOR DE UMA NAÇÃO

Ao ver a minha obra na Avenida
Relembro dos artistas imortais
É a brasilidade dando vida
À arte dos salões aos Carnavais
Hoje, “quem chorava vai sorrir”
Os manuais vão reluzir
A “missão” no peito de quem ama
Em manter acesa a “chama”
Recriar os 200 anos de história
Numa linda trajetória
Academicamente Popular!

A MAIS BELA ARTE O SAMBA ME DEU
FIZ DA SÃO CLEMENTE O RETRATO FIEL
OS TRAÇOS MAIS FINOS COM AS BÊNÇÃOS DE DEUS
DESLIZAM NO MEU PAPEL