Depois de 10 anos, o Paraná Clube está de volta a primeira divisão. O tricolor curitibano retorna a elite após um período estranho da história do clube que nos anos 1990 era conhecido por ser um time inovador e moderno. Nesses anos de Segunda Divisão, o Paraná viveu mais no meio da tabela e na luta contra o rebaixamento do que propriamente pelo acesso. Em 2017, depois de anos de sofrimento, a arrancada no início do Segundo Turno foi fundamental para que o clube saísse do meio da tabela até o G-4, onde entrou e não saiu mais. A vitória sobre o CRB, em Maceió, combinado com o empate do Londrina e derrota do Oeste, na 37ª rodada da Segundona recoloca o Paraná no grupo de elite do futebol brasileiro.

 

Outro promovido deste sábado é o Ceará. A equipe alvinegra retorna a elite após 7 anos na Segunda Divisão. Nesse período, o Ceará viu um acesso certo, em 2014, virar uma das maiores decepções da história do clube, e o rebaixamento certo, em 2015, virá uma das maiores viradas de sua história. Neste ano, o Vozão se mostrou uma equipe equilibrada e isso foi notável durante todo o campeonato. A estabilidade do time no pelotão de frente desde o início, foi fundamental para conquistar o retorno tão sonhado pelo torcedor alvinegro. A equipe entrou em campo na 37ª Rodada já promovida, devido os resultados adversos de Londrina e Oeste. O time teve que guardar a festa para depois do jogo contra o Criciúma, mas na capital cearense foi impossível conter o torcedor que já festejava o seu regresso ao grupo dos 20 melhores times do Brasil.

Promovidos para Série A 2018 - Dexaketo.jpg