Sem Lula, o que Será do PT?

Sim, o PT corre um sério risco de se apequenar, caso Lula saía do cenário. Diferente de partidos como PSDB e MDB, que possuem diversas lideranças, o PT concentra toda sua força em um único nome – Lula. Para muitos, o enfraquecimento político de Lula foi o responsável direto pelo Impeachment de Dilma, já que Lula não conseguiu superar Temer nas negociações com os deputados, e até mesmo na mobilização popular (foram 6 milhões no #ForaDilma contra 1,2 milhões no #FicaDilma em Março de 2016).

 

Lula será julgado em segunda instância pelo seu 1º crime na próxima quarta-feira (24), sendo Lula réu em outros 7 casos, o que ainda pode favorecer em seu enfraquecimento político. Caso Lula se torne inelegível, o PT não ver um nome capaz de lidar com a disputa presidencial com a mesma força, só lembrar que Dilma foi eleita e reeleita, graças a indicação de Lula, que no auge de sua popularidade, precisava somente indicar para o povo votar e eleger.

Se o nome de Lula realmente enfraquecer (pois sua prisão decretada pode até surtir o efeito inverso), o PT sofrerá bastante para se reerguer, pois o mundo do PT sempre girou em torno de Lula, e em nenhum momento o partido buscou novas lideranças e isso pode ser grave para a manutenção do partido como o “PRINCIPAL PARTIDO DE ESQUERDA DO PAÍS”, principalmente com o crescimento eminente do PSOL e o desejo de “emancipação” e “fortalecimento” do PC do B.

 

O protagonismo petista na recentemente democracia será afetado diretamente com o destino de uma única pessoa, Lula. O PT ainda insiste em não buscar novos nomes, inclusive, podendo perder nomes fortes de movimentos sociais (base de sustentação do PT) para outros partidos de esquerda, principalmente o PSOL, que vem se apresentando como opção aos esquerdistas que perderam a confiança no PT ou simplesmente não acreditam mais que o PT seja o principal representante da esquerda no país.

 

O julgamento de Lula é o julgamento do PT, por escolha do partido, que preferiu se manter nas costas de uma única figura, se aproveitando da história do Operário, que fugiu da seca do meu nordeste, virou líder sindicalista e se tornou presidente. O PT precisa se reinventar ou pode correr o risco de cumprir pena de se apequenar na história (isso sim seria um crime para um partido tão grande.)

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.