O “Mata-mata” da Copa do Mundo começou em um nível altíssimo. França e Argentina fizeram jogo de Final, enquanto que o Uruguai mostrou que a raça da Celeste está de volta, e que não será fácil derrota-la.

No primeiro jogo do dia, Mbappe só faltou fazer chover. Deu arrancada, sofreu pênalti e ainda marcou 2 vezes na Argentina. Os Hermanos ainda sentiram o gosto da vaga, quando viraram o jogo de 1×0 para 2×1 no início do Segundo Tempo, mas a evidente qualidade técnica francesa somada a fraca defesa argentina, foi comprovada quando a França fez fácil o gol de empate, o da virada e o da confirmação. No fim, o gol de Agüero, ainda deu uma sobrevida aos Hermanos que buscaram o empate até o último lance, mas não deu. O jogo marcado pelos golaços de Dí Maria e Pavat, e o espetáculo particular de Mbappe, carimbou a França nas Quartas, no retorno antecipado da seleção Vice-campeã de 2014 e do mito Messi, que segue sem ganhar Copa.

No segundo jogo, não houve o show de gols da partida anterior, mas Uruguai e Portugal não deixaram de fazer um jogo em altíssimo nível. Em uma partida em que muitos acreditavam que CR7 faria a diferença, essa peça foi Cavani, sua presença de área e seu potente chute foram fundamental na classificação Uruguaia. A raça uruguaia encontrada em cada jogador, também foi um ponto a se acrescentar entre os fatores determinantes para o Uruguai está ao fim do jogo nas Quartas da Copa. Portugal também não vendeu barato o jogo, e até o último minuto, a seleção lusa acreditou que podia conseguir o empate e buscar a classificação na prorrogação, mas não foi possível. Outro destaque da partida, foi a imagem de Cristiano Ronaldo auxiliando Cavani a se retirar de campo, quando o uruguaio se machucou, sendo uma das principais cenas de “Fair Play” em todo o Mundial até aqui.

França e Uruguai disputam uma vaga nas Semifinais da Copa na próxima Sexta (06/07)

França e Uruguai estão nas Quartas - FIFA WORLD CUP RUSSIA 2018 - Dexaketo