Teremos uma Final inédita e inesperada no próximo domingo (15) em Moscou. França e Croácia decidirão, pela primeira vez entre eles, quem será o grande campeão Mundial de Futebol de 2018.

De um lado, a França, campeã do Mundo de 1998, vice em 2006, e que em sua terceira final busca alcançar a Argentina e o Uruguai em número de títulos. Além disso, os “les bles” é a primeira seleção a alcançar três finais de Copas nos últimos 20 anos. Um país de grande tradição no Futebol, mas que ainda não faz parte do time de “Donos da Copa” formado por Argentina, Alemanha, Brasil e Itália, porém, que aos poucos, vem se aproximando e merecendo chegar onde está em 2018.

A atual seleção francesa foi vice-campeã da última UEFA Euro, se classificou sem grandes sustos para a Copa, mesmo um grupo com Suécia, Holanda e Bulgária nas Eliminatórias. Além disso, chegou a grande Final com méritos de uma seleção que jogou muito para está onde chegou, eliminando grandes como Argentina e Uruguai, além da melhor geração da história da Bélgica. É a favorita ao título por tudo que vem fazendo dentro de campo nos gramados russos.

Do outro lado, a Croácia, país que até 1992 fazia parte da Iugoslávia, mas que em sua primeira Copa independente, surpreendeu o Mundo e conquistou um excelentíssimo terceiro lugar na França, em 1998. Porém nos últimos 20 anos, não havia conseguido passar da 1ª fase da Copa, e pior, em 2010, se quer foi à África do Sul.

Na última Euro, caiu nas Oitavas diante Portugal, que viria a ser o campeão. Sofreu para se classificar para Rússia, só garantiu a vaga na repescagem diante a Grécia, já que ficou em segundo lugar em um grupo nas Eliminatórias que tinha Islândia, que se classificou direto, Turquia e Ucrânia. Na Copa, chocou o mundo ao golear a Argentina, e vencer sem dificuldades a Islândia e a Nigéria. No “mata-mata”, superou Dinamarca e Rússia nos pênaltis, e só chegou a inédita Final, após virar contra a Inglaterra na Prorrogação. A observação que fica é o fato da Croácia ter saído atrás em todos os jogos do “Mata-mata” e mesmo assim, ter chegado onde chegou, mostrando que para os eslavos não existe jogo perdido e que até o fim tudo é possível.

Será uma final inesquecível, em uma Copa inesquecível, onde a lógica prepotente do Futebol caiu por terra. Viva o Futebol! Viva a Copa do Mundo! Viva essa Final Maravilhosa!

França x Croacia - Final - FIFA World Cup Russia 2018 - Dexaketo