Foi um passeio do Tubarão no Castelão! O Ferrão goleou o Treze e abriu uma boa margem na Grande Final da Quartona 2018.

Diante o maior público do Ferroviário no ano, a equipe da Barra conseguiu essa boa vantagem em um jogo bem disputado no gigante da Boa Vista. Ambas equipes criaram oportunidades para balançarem as redes, porém o Ferrão foi mais competente e conseguiu aproveitar bem as chances que lhes apareceu.

Ferroviario goleia Treze na Final da Série D 2018 - Foto Futebol Interior

No Primeiro Tempo, o Ferrão começou pilhado e criou ótimas chances, inclusive com uma bola tirada em cima da linha por Mauro, goleiro do Treze. Porém, pouco tempo depois, Janeudo encontrou o caminho do gol e abriu o placar. O gol do Ferrão foi o estopim para o Treze, que passou a assustar mais o gol do Peixe, sendo que as principais chances passavam pelos pés de Marcelinho Paraíba. Mas o primeiro tempo, encerrou assim mesmo.

No segundo tempo, as chances seguiram aparecendo para ambos. Aos 20 minutos, após bela jogada de Luís Soares, Edson Cariús, o artilheiro da Quartona, mostrou que tem faro gol e aplicou uma bela cabeçada, era o segundo gol do Ferrão! O Treze ainda buscou diminuir o placar, porém, além de ter um jogador expulso, viu sua defesa falhar e Robson Simplício ampliar a vantagem do Ferrão.

Fim de jogo e goleada decretada. O Ferrão pode perder até por 2 de diferença em Campina Grande, que será o Campeão da Série D em 2018.

#BoraPeixe

 

FICHA TÉCNICA
Ferroviário 3 x 0 Treze
Data: 30/07/2018
Local: Arena Castelão, em Fortaleza
Árbitro: André Luiz de Freitas Castro-GO
Assistentes: Cristhian Passos Sorence-GO e Leone Carvalho Rocha-GO
Cartões amarelos: Lucas Mendes, Gustavo (F); Ítalo, Leilson, Ramon, Marcelinho Paraíba, Ceará (T)
Cartão vermelho: Silva (T)
Público e renda: não divulgados
Gols: Janeudo aos 23’ do 1ºT, Edson Carius aos 20’ do 2°T e Robson Simplício aos 41′ do 2ºT.

Ferroviário: Gleibson; Lucas Mendes, Afonso, Erandir e Sávio; Mazinho, Leanderson (Robson Simplício), Janeudo e Esquerdinha (Jean); Edson Cariús e Luís Soares (Gleidson). Técnico: Marcelo Vilar.

Treze: Mauro Iguatu; Talisson, Ítalo, Nilson Júnior e Silva; Coppetti, Dedé, Marcelinho Paraíba (Rayllan) e Ceará; Leílson (Patrick) e Leandro Love. Técnico: Flávio Araújo.