O Crime de Brumadinho

Escrevi somente agora, porque não tinha palavras para descrever o pior crime da história da Vale! Diferentemente do que falam por aí, a estatização não evitaria isso, como a privatização também não evitou! O problema não é quem é o dono da Vale, mas todos os envolvidos neste crime, desde de quem liberou o funcionamento da Mina, como de quem afirmou que a tal barragem estava segura.

O caso de brumadinho é o símbolo do descaso, da corrupção e da falta de competência das grandes mineradoras e dos governos que passaram e assinaram as mais diversas liberações. Depois do ocorrido em Mariana, era inadmissível ocorrer um novo evento como esse, mas ocorreu, e em proporções bem maiores, e não se surpreenda se novas barragens se romperem. Nosso modo de pensar as coisas, não nos faz pensar em prevenção, mas apenas em aceitar as consequências, fingir que aprendemos algo e depois vemos aquilo acontecer de novo. A revolta dura alguns meses, o povo esquece e a revolta só retorna quando volta a acontecer. Não aprendemos com o que nos acontece, principalmente, os poderosos, que pagam alguns milhões e acreditam que tudo se resolve, o que não é verdade! Dinheiro nenhum paga uma morte e devemos nos conscientizar disso, mas não nos conscientizamos. Isso sem falar nos infindáveis e irreversíveis danos ao meio ambiente. Rios, matas, animais, bactérias e todo um sistema de vida que foram executados friamente pela ganância do homem em ganhar dinheiro.

Salvem os heróis que seguem buscando por corpos e que salvaram tantas vidas. Bombeiros, policiais, soldados e voluntários que seguem tentando dar as vítimas e aos familiares, um pouco de dignidade diante esse desastre. Salvem os ambientalistas e aos fiscais que tanto lutaram para evitar o desastre, mas que foram renegados por aqueles que possuem sede de dinheiro.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.