Inocentes do Belford Roxo – Samba-Enredo – Carnaval 2019

Enredo: “O Frasco do Bandoleiro – Baseado Num Causo Com a Boca Na Botija”

Composição: Cláudio Russo e André Diniz

Letra

Feijão de corda, na cuia a abrideira
Verso pra muié rendeira e toucinho de fumeiro
Perfume a penca, uma avenca, porcelana
Toda condição humana no frasco do bandoleiro
E no sertão que a arte vibra insensata
Malabares do destino, pro que vive e o que mata
Da festança ao desatino, o perigo fascinante
Vem chegando Virgulino, cabra macho viajante

Guarda pra correr, corre pra guardar
Um litro de dendê, um lote de cajá
O muito para Deus é pouco para o bando
Insano, na vida cigano, a moringa carregando

Dizem que escutam à beira do chico
O trote dos cascos e o corte dos fios
Mistério nativo esconde o tesouro
O olhar da serpente, a paixão infinita
Um brinco de argola, pingentes de ouro

Pra joia Maria Bonita

Cantis de vinho adoçam o xique-xique
E a volante, derrama pranto em Sergipe
Chaleira que cai, um filho se vai
Fica a luz do Lampeão
Fica a estória tão rica ao luar do sertão

Traz a sacola, põe no pacote
Não é do povo esse novo bandoleiro
Não tira a boca da botija e quer o dote
Dá no cangote do inocente brasileiro

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto:
close-alt close collapse comment ellipsis expand gallery heart lock menu next pinned previous reply search share star