VIVER ou viver?

Essa vida costuma aprontar algumas,

e só nos resta sorrir ou chorar,

diante as surpresas do dia-a-dia.

É tudo muito simples,

mas se torna complicado,

diante os nossos próprios dogmas.

Gostamos do eterno, do infinito…

Apesar de nossa mesquinhez vital.

Nos apegamos ao pequeno

e esquecemos da grandeza ao redor de nós.

Ninguém jamais acordará!

O mundo nos faz dormir!

A eternidade está logo ali,

mas tem o aqui para viver antes!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.