O Futebol no campo afetivo da história

RESUMO

Resumo: Problematizando a visão racional e pragmática que ainda predomina nas ciências sociais, o presente artigo propõe uma discussão epistemológica para o estudo do futebol como objeto científico. Em síntese, a proposta da apreensão dos sentimentos de afetividade e paixão, como meandros para a compreensão do futebol para além do racional e do pragmático.

CLIQUE AQUI E LEIA O ARTIGO COMPLETO

AUTOR: Luiz Carlos Ribeiro

Ano 2004

Revista Movimento

Referências

RIBEIRO, Luiz Carlos. O futebol no campo afetivo da história. Movimento, v. 10, n. 3, p. 99-111, 2004.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.