EFEITOS DO TREINAMENTO DE SPRINTS REPETIDOS EM HIPÓXIA SOBRE A PERFORMANCE FÍSICA DOS JOGADORES DE ESPORTES COLETIVOS

RESUMO

Introdução:

O tradicional programa de treinamento em hipóxia utilizado pelos atletas de endurance foi incluído no treinamento dos jogadores de esportes coletivos e/ou de raquete.

Objetivo:

O objetivo do presente estudo consiste em analisar o efeito de uma nova dose menor de treinamento de sprints repetidos em hipóxia (SRH), em comparação com estudos anteriores sobre o desempenho físico de curto e longo prazo dos jogadores de esportes coletivos.

Métodos:

Os testes foram realizados antes e após quatro semanas de treinamento específico supervisionado e após duas semanas de destreinamento. Vinte e quatro jogadores de esporte coletivo participaram voluntariamente no estudo (idade: 22,73±2,87 anos; peso: 70,20±3,42 kg; estatura: 176,95±1,63 cm; IMC: 22,42 ±2,26 kg/m2); os participantes foram aleatoriamente designados para o grupo de treinamento SRH (n=8; FiO2=14,6%) ou para o grupo de normóxia (SRN) (n=8; FiO2=20,9%) ou para um terceiro grupo controle (CON) (n=8). Os participantes realizaram oito sessões de treinamento de duas séries de cinco sprints repetidos de 10 segundos com período de recuperação de 20 segundos entre os sprints e de 10 minutos a 120 W entre as séries. A composição corporal foi medida seguindo os procedimentos padrão de avaliação antropométrica. Para avaliar os desfechos aeróbicos e anaeróbicos, os testes de Wingate, teste de habilidade de sprints repetidos, SJ, CMJ e Yo-Yo teste de recuperação intermitente foram utilizados.

Resultados:

No grupo hipóxia, a potência máxima aumentou em 14,96% e o número total de sprints realizado aumentou em 20,36%, ambos apresentaram grande tamanho de efeito (ES = 0,78 e ES = 0,71, respectivamente).

Conclusão:

Uma dose menor de treinamento de sprints repetidos em hipóxia leva a melhorias na potência máxima e no número de sprints no grupo hipóxia em jogadores de esportes coletivos, conforme demonstrado através do grande tamanho de efeito em ambos os casos. Nível de evidência II; Estudo prospectivo comparativo.

CLIQUE AQUI E LEIA O ARTIGO COMPLETO

AUTORES: CAMACHO-CARDENOSA, Alba et al.

ANO 2020

Revista Brasileira de Medicina do Esporte

Referências

CAMACHO-CARDENOSA, Alba et al. EFEITOS DO TREINAMENTO DE SPRINTS REPETIDOS EM HIPÓXIA SOBRE A PERFORMANCE FÍSICA DOS JOGADORES DE ESPORTES COLETIVOS. Rev Bras Med Esporte [online]. 2020, vol.26, n.2, pp.153-157. Epub Apr 06, 2020. ISSN 1517-8692. https://doi.org/10.1590/1517-869220202602188454.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.